Carta - Por Um Vampiro...



Ao consultar as correspondências que me haviam chegado encontrei um envelope em branco, mas que possuia algo em seu interior.

Seria um atentado terrorista contra um reles escritor amador? O envelope conteria antraz? Mesmo hesitando um pouco levei o envelope para dentro junto com as demais correspondências e fui verificar o estranho conteúdo.
Acalmem-se, não havia nenhum pó branco, apenas a carta que transcrevo abaixo...


Projetos Paralelos - RPG´s: Highlands e Blood War finalmente lançados!!



Saudações!!!

Novamente cá estou para anunciar algumas novidades e com elas, tentar justificar a ausência de novos contos aqui no blog ou ao menos o fato de eles não serem postados com a frequência desejada.


Download - RPG Prisioneiro da Eternidade



Saudações amigos e amigas do Prisioneiro da Eternidade.


Essa noite venho postar aqui o link no qual estou disponibilizando para download um RPG que eu criei já há alguns anos.


Conto - A Predadora.



Os últimos raios de luz tornam o céu avermelhado por causa da concentração de poluente no ar. Isso não é um bom sinal para as pessoas que vivem naquela cidade, mas para quem se preocupa apenas em apreciar a beleza do sol que se põe, é algo fascinante.

Oscar Mendes na Mídia Digital.



Saudações caro visitante do blog.
Gostaria, de antemão, informar que a ausência de novos contos aqui no Prisioneiro da Eternidade se deve ao fato de eu estar me dedicando à finalização do meu último romance e que, tão logo eu conclua essa árdua empreitada, os contos retornarão à figurar aqui na página.


Conto - A Última Noite...



Devido ao horário o jovem rapaz se via obrigado a retornar caminhando do trabalho para casa. Não que isso o desagradasse, ao contrário, ele gostava de caminhar de madrugada por aquela cidade do interior. Temperatura agradável, ausência de automóveis, silêncio, segurança... Algo que certamente ele não encontraria em cidades grandes, e que lhe eram bastante agradáveis. Nem mesmo os ônibus circulavam naquele horário...


Indicação - Dracúlea - O Livro Secreto dos Vampiros.



Mini-Conto - Terrível Criatura.



Com garras afiadas, dotada de dentes protuberantes, com pele viscosa e rugosa, saciando sua sede de sangue possuindo um olhar maligno, uma mente diabólica, impiedosa, sanguinária, desumana...


Erros do Blosgpot???


Boa Tarde à todos.

Estive verificando os arquivos do meu blog e notei que os textos aqui publicados, particularmente os mais antigos, infelizmente não acompanham os parágrafos dos textos originais.

Terrorzine Nº 13 - Aniversário de 1 Ano!!!



Boa noite caros visitantes do Prisioneiro da Eternidade.
Antes de qualquer coisa gostaria de me desculpar pela ausência de contos nos últimos tempos aqui no blog. Não se trata de desleixo ou preguiça, muito pelo contrário, o que ocorre é que estou trabalhando no meu romance e isso absorve bastante do meu tempo e minha inspiração quase que totalmente.

Terrorzine nº 12.



Boa noite leitores, e leitoras, do blog.

Interrompo a publicação de contos por um breve momento, mas por uma causa inigualável.

Conto - A Verdadeira Herança.



Imóvel na confortável poltrona que ganhara em uma data comemorativa, seus olhos estavam pregados nas imagens vertiginosas que a televisão exibia. Mas sua mente estava longe dali.


Não ouvia sequer os comentários que sua mãe fazia sobre um assunto ou outro a respeito dos programas que acompanhavam, eles em nada lhe importavam na verdade.


Mini-Conto - Não Abra.



Já não era a primeira vez.

Por diversas vezes acordara de madrugada com a nítida impressão de que batiam à sua porta. O silêncio era absoluto. O cão de guarda nunca se manifestara dando o alarme sobre a presença de algum invasor. Aguçava os ouvidos aguardando que o som se repetisse, mas ao constatar que nada acontecia acabava adormecendo novamente.


Conto - Além do Prazer.



Níkara era seu nome.

Durante anos ela aguardou por aquele momento. Se preparara tanto física quanto psicologicamente e finalmente se considerava pronta. Quem havia passado por aquela experiência, e eram poucas pessoas, dizia que ela era inigualável e marcava a passagem para outra realidade, um outro mundo.


Mini-Conto - O Despertar...



Parecia estar adormecido há meses tamanho era o mal estar que o acometia.
Sentia muito frio e mesmo estando formalmente vestido parecia que nada seria capaz de lhe aquecer o corpo dolorido.


Conto - ...morada do Diabo.



Admirada e invejada. Poucos conseguiam ser como ela, embora muitos assim o desejassem.

Linda, responsável, inteligente... A lista de adjetivos que tornavam aquela mulher um exemplo de perfeição era extensa.

Mas tudo tem um começo, um meio e um fim.

Conto - "Gedeão".



O som da pesada porta se fechando soava para o velho padre Gedeão como um escudo protetor que se erguia entre aquela igreja e o mundo exterior.

Conto - O Condenado.



Amaldiçoo minhas pernas por não terem sido capazes de me libertar daqueles guardas sanguinários.


Conto - Alianças Eternas.



“Eram o casal perfeito”, essa era a opinião de todos que conheciam aquele jovem e cativante casal.

Conto - O Menino da Foto.


Psiquiatra forense à vinte e cinco anos relatarei aqui um caso que aos olhos da justiça permanece sem explicação, mas que em meu íntimo grita forte como sendo verdade, por mais absurda que possa parecer.

Conto - O Mal Liberto.





O museu da universidade estava repleto de pessoas curiosas por ver o material que recentemente havia chegado. Infelizmente a viajem foi em vão, pois o material ainda não estava na ala aberta à visitação pública. Havia a necessidade de serem realizados estudos acerca delas para só então irem para os salões abertos.

Conto - Perseguido.



Uma rua tranqüila como tantas outras daquele bairro residencial.


Cinco horas da manhã, como de costume, Renan saia de casa rumo ao seu trabalho. Abria os portões da garagem sem se preocupar com assaltos ou algo do gênero já que nada do tipo costumava acontecer naquele bairro.

Conto - Flores Para a Morte.



As acinzentadas paredes do mausoléu serviam agora como moradia para aqueles três anjos que partiram sem se despedir. As imagens que serviam para ornamentar a construção pareciam compadecer-se daquele pobre homem que, ali sentado, relembrava os momentos felizes que havia tido ao lado daqueles três que agora ali jaziam.


Conto - Acidente...



Fazia pouco mais de um mês que eu havia comprado aquela tranqüila casa e até então ninguém tinha me visitado. Local ermo, afastado da cidade, onde apenas uma pouco movimentada estrada vicinal a localizava no planeta.


Conto - Um Pesadelo.



Por volta das dezesseis horas Hanz já estava sozinho em casa, afinal todos tinham seus programas para aquela noite de sábado, menos ele, que decidira tirar um cochilo devido à noite anterior mal dormida.


Conto - A Cilada.



Após alguns anos estudando na capital finalmente Orlando retornara ao lar em que nascera. Já formado em agronomia seu objetivo agora era cuidar da bela fazenda fundada pelo pai e também fazer-lhe companhia.


Conto - Killer Instinct.



Desde a infância ele nutria estranhos sentimentos.
Uma criança normal em seu nascimento, mas com o decorrer do tempo era possível perceber que havia algo diferente com ela. Nervosa, tímida e metódica, aos quatro anos ela já era totalmente o oposto das demais crianças de sua idade.


Conto - Derradeira Visita.



Com um forte salto dado por aquele até então inerte corpo a frágil cama do hospital foi sacolejada. Era como um choque elétrico fazendo-o saltar e trazendo-o à vida.


Conto - Uma Estranha Visão.



Mesmo já passando um pouco dos trinta anos de idade Leonel jamais pôde esquecer aquele Domingo de Páscoa.


Conto - Bruce.



Realmente era um belo animal.
Havia sido presente de aniversário dado à sua hoje ex-mulher.


Conto - O Casebre.



A estrada interminável parecia carregar consigo a morte.
Às suas margens nenhum sinal de vida nos últimos quilômetros. Era como se a noite tivesse dominado todas as formas de vida existentes com sua escuridão.


Conto - Os Novos Descobridores.



Outubro de 2030.


Seria mais um dia como tantos outros. Pessoas agindo automaticamente, como se não mais houvesse necessidade de utilizar seus cérebros. Seus corpos seguindo seus rumos particulares por simples impulso pois um especialista (na verdade mais um dos neo gurus que sempre surgem) afirmou que agindo dessa forma combater-se-ia o stress que era o mal da humanidade. Poupando-se o cérebro das preocupações cotidianas ter-se-ia uma melhor qualidade de vida. Enfim...


Conto - Iara.

Lenda da Iara

Sentado à beira de um rio, um solitário pescador, silencioso, manobrando magistralmente seu equipamento para capturar os peixes, ouve despreocupado o leve som do vento sobre as folhas das árvores.

Capítulo X

Prisioneiro da Eternidade
Conheça minhas obras acessando http://bit.ly/1ADFY3L





Capítulo IX

Prisioneiro da Eternidade

Conheça minhas obras acessando http://bit.ly/1ADFY3L






Capítulo VIII

Prisioneiro da Eternidade

Conheça minhas obras acessando http://bit.ly/1ADFY3L





Capítulo VII

Prisioneiro da Eternidade

Conheça minhas obras acessando http://bit.ly/1ADFY3L







Capítulo VI

Prisioneiro da Eternidade

Conheça minhas obras acessando http://bit.ly/1ADFY3L




Capítulo V

Prisioneiro da Eternidade

Conheça minhas obras acessando http://bit.ly/1ADFY3L